[OPINIÃO] Novo Switch "PRO" não é o tiro no pé que muita gente diz

Embora ainda não tenha nenhuma confirmação oficial, acho que a essa altura toda a comunidade gamer sabe que a Nintendo está desenvolvendo um novo hardware para ser lançado em breve, talvez no final de 2021 ou começo de 2022.

E com certeza você também já ouviu falar na internet e nas redes sociais que um novo Switch mais potente seria um tiro no pé, pois “canibalizaria” as vendas do modelo tradicional.

Pois escrevo esse artigo pra dizer que isso não é verdade, o argumento geral é de que o Switch está vendendo muito bem e a Nintendo não precisa lançar um hardware novo agora. Que o Switch está vendendo bem é um fato incontestável, mas esperar as vendas caírem não é a única estratégia pra lançar hardware novo, e nem a melhor, na minha opinião.

A melhor estratégia é lançar um novo modelo logo, pra “surfar” na onda das boas vendas do modelo tradicional, até porque, ao que tudo indica, esse novo modelo deve ser uma revisão e não uma nova geração.

Esperar as vendas caírem pode ser perigoso, pois não há nenhuma garantia de que o tal novo modelo fará as vendas subirem novamente.

Veja, também acho que não há PRESSA por parte da Nintendo em lançar esse novo console, é diferente da época do Wii U por exemplo, que simplesmente não vendia e a Nintendo não poderia ficar com seus consoles empoeirando nas prateleiras das lojas, precisava lançar alguma coisa nova, acho até que o Switch foi lançado precocemente devido a essa necessidade, mas esse é um assunto para outra hora.

O fato de não haver pressa não quer dizer que a Nintendo não possa lançar uma nova iteração do seu console de sucesso, assim como fizeram com o Lite, para se juntar a família Switch. Imagine que todas as configurações desse novo modelo já foram decididas, o protótipo e todos os seus componentes já estão prontos e é só mandar produzir em larga escala, por que esperar? Não precisa.

Acho bem possível que o novo hardware venda mais usando essa estratégia do que a outra de esperar uma queda nas vendas, óbvio que essa opção também é válida e não deve ser descartada completamente, tem aquela frase clichê que diz “da Nintendo a gente pode esperar tudo, inclusive nada”.